O que os homens também precisam de saber

Vários estudos demonstram que os níveis decrescentes de testosterona nos homens levam ao ganho de peso, depressão, declínio cognitivo, diminuição da líbido e performance sexual, diminuição da massa muscular, como também de doenças de risco de vida, como a diabetes e as doenças cardíacas.


A maioria dos homens nunca foi avaliada por um simples exame de sangue para determinar os seus níveis de testosterona. Mas, felizmente, um desequilíbrio de testosterona pode ser facilmente revertido.


Tudo o que precisa saber sobre a testosterona e a sua otimização

A testosterona, a principal hormona masculina, é essencial para a líbido e para a função erétil, mas além disso desempenha um papel crucial no humor, na energia, saúde dos ossos, saúde cardiovascular e composição corporal (gordura visceral versus massa muscular).

Os níveis de testosterona diminuem com a idade, geralmente começando na casa dos 30 anos, e esses níveis decrescentes têm sido associados a distúrbios como a depressão, fadiga, obesidade e declínio cognitivo. Baixos níveis de testosterona também aumentam o risco de doença cardíaca coronária, bem como a mortalidade devida a essa causa cardíaca.


A testosterona e o envelhecimento

As causas exatas da diminuição dos níveis de testosterona relacionada com a idade não são conhecidas, mas muitos dos sintomas e os resultados do seu declínio são surpreendentemente evidentes.

O declínio hormonal é provavelmente o resultado de uma combinação de fatores, como o aumento da gordura corporal (e, portanto, aumento da atividade da aromatase, uma enzima que converte a testosterona em estrogénio), o dano oxidativo em tecidos responsáveis ​​pela produção de testosterona, e também o declínio dos níveis de moléculas precursoras, como DHEA.


O declínio hormonal e o aparecimento dos primeiros sintomas

Para muitos homens, o stress e o papel de virilidade masculina significam que devem exalar energia e ambição em todos os momentos. Mas isso não é verdade. Não é de admirar que um em cada cinco homens comece a sentir fadiga e cansaço constante como principal sintoma quando visitam um médico. E este pode ser um dos primeiros sinais que o envelhecimento está a bater à porta.


E sim, o declínio hormonal pode começar a partir dos 30 anos... estes quadros não se verificam apenas nos homens mais velhos e podem manifestar-se em homens cada vez mais jovens, contribuindo para alterações na fertilidade.

Alguns dos sintomas que os homens começam a sentir:

  • Cansaço e baixos níveis de energia

  • Perda de desejo sexual

  • Disfunção erétil

  • Aumento de peso ou dificuldade em perder peso

  • Perda de massa muscular e força

  • Ginecomastia (acumulação e aumento de gordura na mama)

  • Baixa autoconfiança

  • Alterações do humor

  • Falta de iniciativa

  • Stress, ansiedade e depressão

  • Alterações do sono

  • Falta de foco

  • Perdas de memória e dificuldade de concentração

  • Diminuição da força de impulso, da confiança e iniciativa

  • Dificuldade em tomar decisões.

Se um homem começar a mostrar muitos destes sinais, pode ser um reflexo da diminuição da testosterona ou de outras hormonas.


Ler mais.

  • Dra Andreia de Almeida - LinkedIn
  • Dra Andreia de Almeida - Facebook
  • Dra Andreia de Almeida - Instagram
  • Dra Andreia de Almeida - YouTube
DRA. ANDREIA DE ALMEIDA
CONSULTÓRIO DE MEDICINA AVANÇADA PERSONALIZADA
Medicina Lifestyle, Funcional & Anti-Aging

Avenida da Liberdade n.º108 - 6º Piso

1250-145 Lisboa, Portugal.

(+351) 915 844 482

SITE OFICIAL DRA. ANDREIA DE ALMEIDA © 2017-2020