Os dramas após os excessos das festividades do fim do ano

Nos dias de hoje, desequilíbrios na flora intestinal e o crescimento excessivo de agentes patogénicos é um problema comum, mas muitas vezes são ignorados. É fundamental reequilibrar o delicado ecossistema do nosso intestino, o centro da nossa saúde.




Começou um novo Ano, mas ainda pairam na saúde de muitos os danos das asneiras e excessos alimentares que foram cometidos durante as Festas de Natal e Ano Novo. Se abusou nos doces durante as férias e agora percebe sintomas como problemas digestivos, distensão abdominal, dores inespecíficas, nevoeiro cerebral, fadiga, compulsão e desejos de açúcar, problemas de pele, alterações de humor e muito mais – podemos ter um culpado. A Candida.

Claro que esses sintomas podem ter várias causas, mas, em casos específicos, um crescimento excessivo de Candida pode ser uma das causas.


O crescimento excessivo de fungos, muitas vezes referido como Candida, é um dos problemas mais comuns identificados em consulta, principalmente entre pessoas que sofrem de doenças auto-imunes e desequilíbrios da tiróide, e especialmente após as férias, quando muitas pessoas consomem mais doces e vinho, os dois grandes culpados para o crescimento excessivo de Candida. 


O que é a Candida?

A Candida é um fungo, que é uma forma de levedura, que em quantidades pequenas vive na nossa boca e no intestino. As suas funções é ajudar na digestão e absorção de nutrientes, tal como outras bactérias intestinais comensais, mas quando tem um hipercrescimento, cria fragilidades na parede do intestino e penetra na corrente sanguínea, libertando subprodutos tóxicos para o nosso corpo. Este é um dos mecanismos que pode levar a muitos problemas de saúde diferentes, desde problemas digestivos até à depressão.

Ainda há poucas pesquisas suficientes sobre este tópico mas o conhecimento e experiência coletiva de muitos médicos que trabalham nesta área há décadas tem nos ajudado a aprender como diagnosticar e tratar adequadamente este problema.


Sabemos sim que o crescimento excessivo de fungos pode ser desencadeado por vários fatores como: uma dieta rica em açúcar, saturada em más gorduras e pobre em fibras, imunidade baixa, consumo excessivo de medicamentos como os antibióticos, pílulas anticoncecionais, esteróides como prednisona mas também o stress psicológico.


Quais as principais causas pelo excesso de Candida?

As bactérias saudáveis ​​ou "boas" no nosso intestino normalmente mantêm os níveis de Candida sob controle. No entanto, a população de Candida pode ficar fora de controle se tivermos uma alimentação rica em açucares e hidratos de carbono refinados (que alimentam o fungo), tivermos um consumo excessivo de antibióticos que acabam por eliminar muitas das bactérias amigáveis do microbioma intestinal, consumo excessivo de bebidas alcoólicas e um estilo de vida de alto stress. Mesmo uma dieta rica em alimentos fermentados benéficos, como Kombucha, chucrute e picles, podem alimentar a Candida, causando um crescimento excessivo.

Ler mais.

  • Dra Andreia de Almeida - LinkedIn
  • Dra Andreia de Almeida - Facebook
  • Dra Andreia de Almeida - Instagram
  • Dra Andreia de Almeida - YouTube
DRA. ANDREIA DE ALMEIDA
CONSULTÓRIO DE MEDICINA AVANÇADA PERSONALIZADA
Medicina Lifestyle, Funcional & Anti-Aging

Avenida da Liberdade n.º108 - 6º Piso

1250-145 Lisboa, Portugal.

(+351) 915 844 482

SITE OFICIAL DRA. ANDREIA DE ALMEIDA © 2017-2020