Tens compulsão alimentar? O problema não é só falta de força de vontade

Por que ansiamos tanto por açúcar e hidratos de carbono? Compreendermos os desejos alimentares pode ajudar-nos a fazer melhores escolhas. Se queres perder peso ou ter um melhor relacionamento com os alimentos tens que conhecer a ciência da adição alimentar.


#Açúcar: a droga do século XXI

O açúcar é oito vezes mais viciante que a cocaína!

Várias pesquisas revelam uma semelhança entre a adição ao açúcar e à cocaína.


Tanto o sabor doce quanto as drogas de abuso, como a cocaína, estimulam a libertação de dopamina no nosso cérebro, essencial no processo de processamento de recompensas e aprendizagem.


Existe uma tolerância cruzada e dependência no consumo de açúcar e nas drogas de abuso. Isso significa que, com o tempo, são necessárias cada vez mais quantidades para obter o efeito desejado. Ou seja, quanto mais açúcar comes maiores serão os desejos e quantidades que vais precisar para te sentires satisfeita.


Num estudo, os ratos preferiram a sacarose ao invés da cocaína. E sim, os excessos compulsivos podem se parecer com dependência de drogas.


Quanto mais comes, mais fome vais ter.

A comida é muito mais do que apenas calorias... É informação que programa a expressão genética das células e altera o nosso estado metabólico.


As dietas não funcionam porque não tratam de muitos fatores fundamentais do excesso de calorias: dependência fisiológica de hidratos de carbono e açúc