Um brinde à vida depois do COVID-19

O confinamento imposto pelo atual estado de emergência tem um efeito claro sobre nós – e o nosso corpo responde às mudanças provocadas pelo isolamento.

À medida que nos aprofundamos nos dias fechados em casa, com todos os desafios de trabalho, de convívio (ou isolamento), muitas pessoas experimentam algum grau de mudanças de humor. Podemos sentir-nos menos motivados, sentimentais, ansiosos ou deprimidos. Para alguns, essas mudanças são leves e gerenciáveis. Para outros, podem simplesmente fazer sentir um pouco mais de cansaço, maior dificuldade em acordar de manhã ou, ocasionalmente, a sensação de estarem... chateados. Todas estas mudanças, que nos obrigaram a ficar em casa, podem levar-nos a sentimentos de isolamento.


Preparação e... não entrar em pânico

À luz da pandemia do COVID-19, muitas mudanças ocorreram e isso pode criar ansiedade e, se não a aprendermos a gerir, sentimentos de pânico.

A maioria das pessoas está atualmente a trabalhar em casa. Em circunstâncias normais, o teletrabalho pode oferecer uma pausa agradável na nossa rotina diária. Podemos libertar-nos das horas no trânsito e darmo-nos ao luxo de trabalhar em pijama.

É um ótimo momento para estudar, aprender coisas novas e criar novas rotinas que talvez antes nunca tínhamos conseguido implementar. Mas a verdadeira mensagem que vos quero deixar hoje é: preparem-se. Melhorem a vossa saúde física, emocional e social. Desenvolvam novos planos de ação pessoal. Há vida para além de uma pandemia mundial. A vossa vida e as escolhas que podem começar hoje.


Respiração para aliviar o stress

Antes de assumirem as tarefas do dia, comecem por se centrar em algumas respirações para aliviar o stress.


Dediquem uns minutos para realmente se concentrarem na vossa respiração. Existe uma técnica chamada respiração 4-7-8, ou respiração relaxante, que nos ajuda a concentrar em respirações profundas. A prática é simples: inspirem até 4, segurem o ar até 7 e expirem até 8. Pratiquem quatro repetições, quatro vezes por dia ou mais. Esta técnica simples pode ajudar a aliviar a ansiedade e a reequilibrar o nosso sistema nervoso autónomo.


Cumprimentar o dia

Se, ao acordarem de manhã, se sentirem inseguros, aqui fica um ritual de 15 minutos para se prepararem para o vosso dia.


Os “10 a 15 minutos de autocuidado”: parem um momento para pensar em três coisas pelas quais são gratos. Podem ser coisas simples, como um cobertor confortável, uma casa segura, calor, o céu azul, o cheiro a café acabado de fazer, a respiração do vosso pet a dormir.

E não toquem nos telemóveis por pelo menos 15 minutos após acordarem.


Ler mais.

  • Dra Andreia de Almeida - LinkedIn
  • Dra Andreia de Almeida - Facebook
  • Dra Andreia de Almeida - Instagram
  • Dra Andreia de Almeida - YouTube
DRA. ANDREIA DE ALMEIDA
CONSULTÓRIO DE MEDICINA AVANÇADA PERSONALIZADA
Medicina Lifestyle, Funcional & Anti-Aging

Avenida da Liberdade n.º108 - 6º Piso

1250-145 Lisboa, Portugal.

(+351) 915 844 482

SITE OFICIAL DRA. ANDREIA DE ALMEIDA © 2017-2020