O meu testemunho ProLon - Dia #6 e #7

O MEU TESTEMUNHO PROLON – Dia #6 e dia #7

Neste mesmo post deixo-vos o feedback do 6º e 7ºdia, a evolução das minhas medidas e peso e a minha opinião médica e pessoal de toda experiência destes 5 dias.

O 6º dia é o dia da transição, onde ainda mantemos algumas restrições alimentares mas já podemos voltar a comer “comida normal”.

A primeira fase está concluída. Re-introduzirmos comida no nosso corpo no dia da transição pode parecer libertador e confuso ao mesmo tempo pois depois de termos estado em ambiente “controlado” com as refeições programadas durante 5 dias dá a sensação de não sabermos muito bem por onde começar.



Mas há algumas dicas simples para nos ajudsr numa transição bem-sucedida:

- refeições leves e consumir principalmente alimentos à base de vegetais.

- Limitar o número de peças de fruta e optar por frutas com menor teor de açúcar (maçã, pêra, frutos vermelhos).

- Limitar bebidas açucaradas, massas, pão e arroz.

- Limitar o consumo de carne, peixe, queijo e outros produtos de origem animal.

- Tentar comer uma variedade de vegetais.

Em resumo, no dia de transição, tal como o próprio nome indica devemos fazer refeições leves, maioritariamente à base de vegetais, optando por sopas, legumes cozidos e batidos de fruta e chá.

O testemunho real após 5 dias

Confesso que foi um prazer retomar uma alimentação com alimentos reais mas ao mesmo tempo sinto que foi um desafio superado e que sem dúvida teve resultados no meu corpo.

Sinto-me cheia de energia, a pele mais bonita, hidratada e flexível e com uma sensação de plenitude e bem-estar.

Para avaliar a evolução dos meus parâmetros esperei pelo 7º dia e sem dúvida que os efeitos da dieta da longevidade continuaram mesmo após o dia da transição.


Avaliando as minhas medidas comparativamente aos 7 dias anteriores:

Peso Dia 1: 56.70 Kgs; Dia 6: 55.1 Kgs, Dia 7: 54.8 Kgs – o que significa que continuei a perder peso mesmo após ter reintroduzido as refeições após o 5º dia

Perímetro de cintura (PC) Dia 1: 74 cms ; Dia 6: 71 cm; Dia 7: 71 cm – perdi um total de 3 cms, mas de acordo com o meu biótipo corporal também já não poderia perder mais. Tenho noção que estes cms estavam relacionados com alguma distensão abdominal e alguma gordura nos flancos.


Em resumo, perdi um total de 1.9 kgs em 5 dias, o que para muitas pessoas pode não ser muito mas no meu caso é bastante, pois não posso perder mais de acordo com o meu índice de massa corporal.


Portanto, o que este programa nos deixa é verdadeiramente um reset celular e elimina apenas a gordura que não nos faz falta, ou seja, não podemos considerar como uma dieta de emagrecimento. Ela é sim uma dieta que nos desintoxica e rejuvenesce as nossas células pelo processo de autofagia que ocorre com o jejum intermitente.

Para pessoas que realmente desejam perder mais peso, o aconselhável é fazer 3 ciclos, ou seja, fazer 5 dias deste plano alimentar em 3 meses consecutivos e aí sim, o que os estudos definem é que a perda de peso é mais significativa e que a gordura e pesos perdidos mais dificilmente são recuperados comparativamente a outras dietas.

Em resumo, como resultado de minha experiência pessoal e médica que experimentou este programa e que já o recomendou a outras pessoas. Considero que:

- O plano ProLon está muito bem organizado, fácil de seguir e bem equilibrado ao longo do dia. Para quem não gosta de cozinhar e programar refeições é o ideal.

- Recomendo repeti-lo 1x anualmente pois realmente sinto que algo melhorou no meu corpo e bem-estar (podemos documentar essa optimização celular através de análises que desta vez não tive oportunidade de fazer)

- O efeito da redução do apetite e um melhor autocontrolo nos momentos de “compulsão alimentar” mantém-se por várias semanas após cada ciclo.

- todos os meus pacientes que completaram o regime de 5 dias perderam peso e todos acharam a experiência e desafio muito positivos, sendo em alguns casos, uma experiência de “abertura dos olhos” para mudar definitivamente os hábitos alimentares.

- Quase todos foram capazes de concluí-lo e desejaram repetir.

O que realmente ganhei desta experiência...



Pretendo usar a dieta da longevidade como uma ferramenta essencial à minha prática clínica para ajudar os meus pacientes a iniciar e adotar um estilo de vida mais saudável.

E as duas grandes aprendizagens deste programa...

Autodisciplina. Este programa para além de ser cientificamente comprovado como benéfico para o nosso corpo, também o pode ser para a nossa mente. “Autodisciplina não é uma característica inata; é uma habilidade aprendida ”, de acordo com a Dra. Amy Morin, PhD e autora do artigo da Forbes intitulado“ 6 maneiras de desenvolver a autodisciplina necessária para atingir os seus objetivos ”e“ a única maneira de melhorar é através da intenção e dedicação na prática."

Como qualquer outra habilidade, quanto mais a praticamos, melhor somos a fazê-lo. Como tal, este programa de 5 dias não é apenas uma maneira fantástica de iniciarmos uma viagem na melhoria da nossa saúde, mas a oportunidade de praticar a autodisciplina por cinco dias, o que tornará tudo muito mais fácil a partir de então. A autodisciplina é o critério mais importante para alcançar qualquer objetivo que possamos estabelecer e termos uma vida feliz.

Apreciarmos o que temos. Já pararam para pensar na sorte que temos por ter um frigorífico cheia de comida? Ou que estamos a uma curta distância de carro de qualquer cozinha do mundo? Ou que o supermercado local está repleto de todo tipo de comida e produtos alimentares? Ou que o nosso telemóvel está repleto de aplicativos que podem ser usados ​​para obter qualquer tipo de comida de qualquer restaurante entregue à nossa porta em minutos? Não? Nem eu. Até ao dia que comecei este programa.

Esta abundância é a norma para a maioria de nós e simplesmente a tomamos como garantida. É incrível como isso também muda no minuto em que percebemos que não temos acesso a tudo o que desejamos naquele minuto. Quando estamos a fazer este programa, nesses 5 dias começamos a pensar em cada pedaço que passa pelos nossos lábios e começamos a saborear a pouca comida que nos é dada. Mas o mais importante, ficarmos agradecidos e agradecidos por cada refeição, de uma maneira que muitas vezes nos esquecemos se sentir no nosso dia a dia.

Este programa é uma excelente lembrança de como devemos ser felizes e agradecidos. Todos os dias!

Por isso... deixo-vos o desafio! O quanto desejam ser mais jovens e saudáveis?

Sejam felizes =)

  • Dra Andreia de Almeida - LinkedIn
  • Dra Andreia de Almeida - Facebook
  • Dra Andreia de Almeida - Instagram
  • Dra Andreia de Almeida - YouTube
DRA. ANDREIA DE ALMEIDA
CONSULTÓRIO DE MEDICINA AVANÇADA PERSONALIZADA
Medicina Lifestyle, Funcional & Anti-Aging

Avenida da Liberdade n.º108 - 6º Piso

1250-145 Lisboa, Portugal.

(+351) 915 844 482

SITE OFICIAL DRA. ANDREIA DE ALMEIDA © 2017-2020