Ovários poliquísticos – o que muitas mulheres precisam de saber

Síndrome do Ovário Poliquístico, ou SOP, já ouviu falar? Se já foi diagnosticada, quero dar-lhe uma saída e uma nova visão sobre este problema. Cerca de 10 milhões de mulheres sofrem desta doença e a abordagem médica padrão para o seu tratamento são medicamentos, particularmente pílulas anticoncepcionais ou metformina. Mas não são as únicas soluções e ainda há muito que precisamos saber.





O que é a Síndrome do Ovário Poliquístico (SOP)?

Ainda há muito que não sabemos sobre a SOP. É basicamente um distúrbio metabólico, com vários desequilíbrios hormonais. Na verdade, é uma das formas de desequilíbrio hormonal mais comuns em mulheres em idade reprodutiva, provavelmente afetando cerca de 5 a 15% das mulheres.


Existe alguma controvérsia em torno dos critérios diagnósticos e existem diferentes maneiras de fazer esse diagnóstico, pelo que não temos uma ideia clara de quantas mulheres estão afetadas exatamente. O principal distúrbio hormonal que observamos na SOP são os níveis de androgénios acima do normal nas mulheres. Podemos pensar nos androgénios como as "hormonas masculinas", sendo os desequilíbrios dessas hormonas (como a testosterona, a DHEA, etc.) os responsáveis ​​por darem algumas das características masculinas. Como mulheres, normalmente temos essas hormonas, mas na SOP tendemos a ver níveis mais elevados.


Para além dos desequilíbrios hormonais, podem estar também associados (nem sempre!) ovários poliquísticos, quando a mulher tem uma série de quistos sob a superfície da cápsula ovariana e não ovula corretamente. O que acontece é que os ovários desenvolvem esses pequenos folículos, mas os ovúlos nunca saem numa ovulação mensal regular.

Mas há algo maior a entender sobre esta síndrome: a SOP é na verdade um problema hormonal associado à resistência à insulina, promovendo ganho de peso e obesidade na maioria das pessoas que o apresentam e, em muitas mulheres, aquela temida figura em forma de maçã. São muitas destas mulheres que têm problemas em perder peso.


Como pode saber se tem SOP?

Existem alguns sinais específicos que o seu médico pode procurar para diagnosticar a Síndrome dos Ovários Poliquísticos. Uma das razões pelas quais a SOP muitas vezes pode não ser diagnosticada é porque nem todos os sinais e sintomas detalhados a seguir estão presentes em todas as mulheres com